junglefight

28 de maio de 2024

Jungle Fight 126 – Tatame

O ginásio Nilson Nelson, em Brasília, ferveu na 126ª edição do Jungle Fight, realizada neste sábado (25/5). Cerca de 20 mil pessoas presenciaram os triunfos que consagraram a amazonense Elora Dana, nos pesos-moscas feminino, e o atleta local João Pedro Saldanha, nos pesos-galos.
28 de maio de 2024

Jungle Fight 126 – SportBuzz

O ginásio Nilson Nelson, em Brasília, ferveu na 126ª edição do Jungle Fight, realizada neste sábado (25/5). Cerca de 20 mil pessoas presenciaram os triunfos que consagraram a amazonense Elora Dana, nos pesos-moscas feminino, e o atleta local João Pedro Saldanha, nos pesos-galos.
28 de maio de 2024

Jungle Fight 126 – Combate

A amazonense Elora Dana esteve muito perto de perder o cinturão peso-mosca do Jungle Fight neste sábado, em Brasília. A campeã linear sofreu knockdown e quase foi finalizada pela campeã interina, a carioca Brena Cardozo. Contudo, Dana tirou forças da sua fé, aproveitou um momento de descuido da adversária e a nocauteou aos 4min10s do segundo round, na luta principal do Jungle Fight 126. No coevento principal, o brasiliense João Pedro Saldanha conquistou o cinturão interino dos pesos-galos com um rápido nocaute, em menos de um minuto, contra o carioca Ronaldo "Freestyle" Ferreira.
29 de abril de 2024

Jungle Fight 125 – A Crítica

Foi com muita emoção que o amazonense Arcângelo ‘Anjo’ Oliveira venceu Marcelo Medeiros por finalização no 2º round, neste sábado (27), no ginásio Mauro Pinheiro, em São Paulo, na luta principal do Jungle Fight 125, em que o título do peso-leve (até 70kg) esteve em jogo. Esta foi a primeira vitória do lutador baré em 2024, que além de ser campeão dos leves, também é dono do cinturão até 77kg.
29 de abril de 2024

Jungle Fight 125 – Combate

Os dois cinturões em jogo no Jungle Fight 125 permaneceram com seus respectivos donos nesta sexta-feira em São Paulo. Mas se na co-luta principal o campeão peso-mosca, Wagner Reis, não passou sustos até nocautear Luiz Paulo Barbosa, o campeão peso-leve, Arcângelo Anjo, passou maus bocados contra o desafiante Marcelo Medeiros no último combate da noite. Após quase ser nocauteado no primeiro round, ele virou o jogo e venceu com um mata-leão a 1min44s do segundo assalto.